Emagrecimento com Termogênicos Naturais

 

As substâncias termogênicas contidas em certos alimentos têm a capacidade de aumentar a temperatura corporal, acelerando o metabolismo e aumentando a queima de lipídios. Isto ocorre, pois a termogênese é um processo regulado pelo sistema nervoso e interferências neste sistema podem ajudar no controle do emagrecimento e obesidade. Desta forma, ao consumir algum produto que tenha esta característica, a perda de peso pode ser alcançada. Mas observe que sozinhos eles não têm poderes mágicos! Se não forem associados a atividades físicas frequentes e uma alimentação equilibrada, não têm efeito no seu organismo.

 

                                     PRINCIPAIS ALIMENTOS TERMOGÊNICOS:

 

  • Cafeína: Esta é uma substância vegetal estimulante, capaz de atravessar a barreira do nosso cérebro e promover diversos benefícios como o aumento da disposição e energia, diminuição da fadiga, melhora da performance esportiva, além do efeito termogênico;
  • Canela: Também aumenta o metabolismo basal e possui alto teor de cálcio mineral, substância importante para o emagrecimento. Polvilhada por cima de frutas (aproximadamente uma colher de chá rasa), contribui para o emagrecimento. Outra boa alternativa, é adicioná-la a bebidas quentes como leite, café ou chás;
  • Chá de hibisco:Tome um litro por dia, sendo que, para um litro de água, deve-se usar uma colher de sopa da flor;
  • Chá verde: Cinco xícaras de chá por dia durante três meses podem resultar em um resultado muito bom na balança. Mas, cuidado: quem tem insônia não deve ingerí-lo na parte da tarde ou noite;
  • Gengibre: Essa raiz pode aumentar o gasto calórico em mais de 10%. Ele pode ser consumido de diversas formas: cru, em marinadas para temperar carnes, aves e peixes, e ainda fica ótimo em molho de tomate, sopas de legumes, sucos e chás, quando misturado com outras ervas;
  • Pimenta vermelha: Esse tipo específico de pimenta é rico em capsaicina, substância que favorece o aumento da quebra de gorduras no tecido adiposo. Ela aumenta em até 20% a atividade metabólica se ingerida na quantidade de três gramas por dia, podendo ser adicionada em saladas e pratos quentes como tempero. Ela pode ser usada com moderação no almoço e deve ser evitada no jantar para não atrapalhar a qualidade do sono;
  • Óleo de coco: É rico em gorduras saturadas do tipo triglicerídeos de cadeia média (TCM), que são mais facilmente digeridos, absorvidos e transformados em energia, auxiliando assim no emagrecimento. O óleo de coco também é rico em ácido láurico, que auxilia na promoção da saúde cardiovascular e fortalece o sistema imunológico. Além disso, é altamente resistente ao ranço oxidativo, tornando-o um antioxidante natural;
  •  Vinagre de Maçã: A acidez do vinagre de maçã parece ter efeito semelhante ao da pimenta, possuindo propriedade termogênica quando consumido na porção de 1 a 1 ½ colher de chá 2 vezes ao dia. Alguns autores sugerem benefícios na diminuição da circunferência abdominal;
  • Alimentos com Ômega 3: O ômega 3 é encontrado em peixes, como salmão e atum – e em oleaginosas. Ele aumenta o metabolismo basal, melhora a retenção de líquidos e facilita a comunicação entre as células do organismo;
  • Água gelada: Sim, água gelada! Pesquisas mostraram que ao ingeri-la, seu organismo gasta energia para elevar a temperatura até considerada adequada pelo corpo (algo entre 36º e 37ºC). No entanto, o efeito é muito leve. Para melhores resultados, ingira oito copos de água por dia, pois essa medida pode aumentar seu gasto calórico em até 200kcal.

 

                        RESTRIÇÕES AO CONSUMO E POSSÍVEIS EFEITOS COLATERAIS:

 

  • Pessoas com hipertireoidismo não devem ingerir os alimentos termogênicos naturais, pois seu metabolismo já está muito elevado, propiciando maior risco de perda de massa muscular;
  • Crianças e gestantes, pessoas com cardiopatias, hipertensão, enxaqueca, úlcera e alergias não devem abusar desses alimentos, pois eles podem levar a um aumento da pressão arterial, hipoglicemia, insônia, nervosismo e taquicardia;
  • Consumidos em excesso, podem provocar sintomas como tontura, insônia, dor de cabeça e problemas gastrointestinais.

 

 

Você pode gostar...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Notice: ob_end_flush(): failed to send buffer of zlib output compression (1) in /home/u104781656/public_html/wp-includes/functions.php on line 3721

Notice: ob_end_flush(): failed to send buffer of zlib output compression (1) in /home/u104781656/public_html/wp-includes/functions.php on line 3721